sábado, 6 de novembro de 2010

ATIVIDADES COM HISTÓRIAS EM QUADRINHOS!!!!!

Atividades para trabalhar com Histórias em Quadrinhos...

Leia com atenção e responda:

1- Sobre a tirinha do Cebolinha responda V para verdadeiro e F para falso:

( ) A família do Cebolinha está de férias em uma praia.
( ) Todos estão muito felizes e se divertindo.
( ) A família está em uma ilha deserta.
( ) Eles estão em uma ilha pequena que tem apenas um coqueiro.
( ) O Cebolinha está cansado de comer peixe.

2- Leia e marque X nas alternativas corretas:

( ) A Mônica pode ser caracterizada como brava.

( ) O Cebolinha é medroso.

( ) O Cascão é limpo.

( ) A expressão do rosto e o som que a Mônica emite, mostram que ela está feliz.

( ) O Cascão não entendeu a ajuda que o Cebolinha queria.

( ) O Cascão, o Cebolinha e a Mônica estavam apostando corrida.

( ) O Cebolinha estava fugindo da Mônica para não apanhar.


3- Leia com atenção e complete as frases com uma palavra:

a) Cascão está gritando de ______________
b) Cebolinha viu o amigo gritando e saiu _________
c) Cebolinha voltou com um kit de primeiros ______

d) E colocou o curativo na boca do __________

4- Observe as expressões faciais abaixo e coloque-as nos rostos da Mônica; observe o corpo para ver qual expressão combina melhor:

5- Complete a história do Menino Maluquinho:


segunda-feira, 11 de outubro de 2010

sábado, 31 de julho de 2010

Mais Matemática...

Leia com atenção as situações problemas abaixo, depois resolva-as:

1- As cores do semáforo, na frente da casa de João, mudam a cada 20 segundos. Ele ficou na janela durante 5 minutos. Quantas vezes as cores do semáforo mudaram?

2- Clara está caminhando numa pista que tem 1278 metros. Ela dará 6 voltas e já caminhou 2648 metros. Quantos metros ela ainda vai caminhar para completar as 6 voltas?

3- Dona Joana comprou 9 camisetas iguais e gastou R$ 126,00. Dona Rita comprou 5 destas camisetas.

a) Qual era o valor de cada camiseta?

b) Quanto dona Rita gastou?

4- Pedro leu um livro em 5 dias. Sabendo que cada dia ele leu a quantidade exata de 28 páginas, quantas páginas têm o livro que Pedro leu?

5- A distância de Araraquara a Jaú é de 70 Km. Um automóvel já percorreu 34 Km. Quantos Km faltam para completar o trajeto?

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Atividades Matemáticas... Situações Problemas...

Leia com atenção, faça o cálculo se necessário e marque a alternativa correta.

1- Um viajante fez uma viagem de ônibus durante 83 horas. Portanto ele viajou

a) 3 dias.

b) 2 dias e 22 horas.

c) 3 dias e 11 horas.

d) 2 dias e meio.

2- Cris tem o triplo de figurinhas de Carlos, que tem 243 figurinhas. Portanto Cris tem

a) 723 figurinhas.

b) 729 figurinhas.

c) 742 figurinhas.

d) 732 figurinhas.

3- Uma floricultura vendeu 1 unidade de milhar, 4 centenas e duas unidades de rosas em um mês. Portanto o número de rosas vendidas foi

a) 2402 rosas.

b) 1420 rosas.

c) 1042 rosas.

d) 1402 rosas.

4- No número 427.810 o algarismo 2 ocupa a ordem da

a) centena de milhar.

b) dezena de milhar.

c) unidade de milhar.

d) dezena de milhão.

5- O perímetro de um quadrado com lados medindo 7 cm é de

a) 23 cm.

b) 28 cm.

c) 25 cm.

d) 30 cm.

6- O valor relativo do algarismo 8 no número 784.623 é

a) 80.

b) 800.

c) 8.000.

d) 80.000.

7- Uma arroba tem 15 Kg, 7 arrobas têm

a) 120 Kg.

b) 135 Kg.

c) 105 Kg.

d) 110 Kg.

8- O quádruplo de 23.476 é

a) 93.904.

b) 96.904.

c) 93.490.

d) 93.940.

9- A quinta parte de 28.490 é

a) 5.960.

b) 5.698.

c) 5.780.

d) 5.860.

10- Duas horas e meia equivalem a

a) 130 minutos.

b) 140 minutos.

c) 150 minutos.

d) 120 minutos.

11- Um Kg tem 1.000 gramas, 5 Kg e meio tem

a) 5.000 gramas.

b) 50.000 gramas.

c) 5.500 gramas.

d) 55.000 gramas.

12- Um litro tem 1.000 mililitros. Portanto 7 litros e meio tem

a) 7.000 mililitros.

b) 7.200 mililitros.

c) 7.500 mililitros.

d) 7.550 mililitros.

13- O maior número que você pode escrever usando os algarismos 8 1 9 5 e 7, sem repeti-los é

a) 91.875.

b) 98.715.

c) 98.751.

d) 97.851.

14- No número 10.060 o algarismo 6 ocupa a ordem da

a) centena simples.

b) dezena simples.

c) unidade simples.

d) dezena de milhar.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Dia do Amigo...

FELIZ DIA DO AMIGO...

Amigo é aquele que independente da hora...

Sabe oferecer o aconchego do seu coração sem pedir nada em troca...

E quando ele precisa sabe que pode fazer o mesmo sem objeção.

Não importa o quanto esteja distante...

Amizade é irmã do amor e não tem cara, tem reciprocidade, afetividade,

Respeito, carinho, confiança e alegria.

Não existe escola para formação de amigos...

Eles por si já nascem aptos...

Por isso não existe regras para uma verdadeira amizade...

Elas se compatibilizam sem invasões...

Unindo os verdadeiros amigos sem maldades, sem segredos, sem interesses,

A felicidade de um é a felicidade do outro.

Por isso hoje te procurei só para dizer...

Feliz dia do Amigo!!!

Eu sou feliz porque você existe...

Está no meu coração... e jamais será esquecido!

sábado, 26 de junho de 2010

Interpretação Textual...

Leia com atenção:

“Você irá conhecer agora a história do visitante que acompanhou, fascinado, uma aula como ela seria num futuro em que o computador tivesse substituído o professor.”

Retrocesso

O visitante estranhou porque, quando o levaram para conhecer a sala de aula do futuro, não havia uma professora-robô, mas duas. A única diferença entre as duas era que uma era feita totalmente de plástico e fibra de vidro — fora, claro, a tela do seu visor e seus componentes eletrônicos —, e a outra era acolchoada. Uma falava com as crianças com sua voz metálica e mostrava figuras, números e cenas coloridas no seu visor, e a outra ficava quieta num canto. Uma comandava a sala, tinha resposta para tudo e centralizava toda a atenção dos alunos, que pareciam conviver muito bem com a sua presença dinâmica, a outra dava a impressão de estar esquecida ali, como uma experiência errada.

O visitante acompanhou, fascinado, uma aula como ela seria num futuro em que o computador tivesse substituído o professor. O entendimento entre a máquina e as crianças era perfeito. A máquina falava com clareza e estava programada de acordo com métodos pedagógicos cientificamente testados durante anos. Quando não entendiam qualquer coisa as crianças sabiam exatamente que botões apertar para que a professora-robô repetisse a lição ou, em rápidos segundos, a reformulasse, para melhor compreensão. (As crianças do futuro já nascerão sabendo que botões apertar.)

— Fantástico! — comentou o visitante.

— Não é? — concordou o técnico, sorrindo com satisfação.

Foi quando uma das crianças, errando o botão, prendeu o dedo no teclado da professora-robô. Nada grave. O teclado tinha sido cientificamente preparado para não oferecer qualquer risco aos dedos infantis. Mesmo assim, doeu, e a criança começou a chorar. Ao captar o som do choro nos seus sensores, a professora-robô desligou-se automaticamente. Exatamente ao mesmo tempo, o outro robô acendeu-se automaticamente. Dirigiu-se para a criança que chorava e a pegou no colo com os braços de imitação, embalando-a no seu colo acolchoado e dizendo palavras de carinho e conforto numa voz parecida com a do outro robô, só que bem menos metálica. Passada a crise, a criança, consolada e restabelecida, foi colocada no chão e retomou seu lugar entre as outras. A segunda professora-robô voltou para o seu canto e se desligou enquanto a primeira voltou à vida e à aula.

— Fantástico! — repetiu o visitante.

— Não é? — concordou o técnico, ainda mais satisfeito.

— Mas me diga uma coisa... — começou a dizer o visitante.

— Sim?

— Se entendi bem, o segundo robô só existe para fazer a parte mais, digamos, maternal do trabalho pedagógico, enquanto o primeiro faz a parte técnica.

— Exatamente.

— Não seria mais prático — sugeriu o visitante — reunir as duas funções num mesmo robô?

Imediatamente o visitante viu que tinha dito uma bobagem. O técnico sorriu com condescendência.

— Isso — explicou — seria um retrocesso.

— Por quê?

— Estaríamos de volta ao ser humano.

E o técnico sacudiu a cabeça, desanimado. Decididamente, o visitante não entendia de futuro.

Luís Fernando Veríssimo. In Nova Escola. São Paulo. Abril, out. 1990. p. 19.

Responda de acordo com o texto:

1. Quais as características das professoras descritas no texto? ________________________________

2. Segundo o autor do texto, como seria a aula do futuro? ______________________________________

3. Na aula do futuro, como agiriam os alunos quando tivessem alguma dúvida? ____________________

4. O que aconteceu quando a criança machucou-se no teclado? ________________________________

5. Segundo o texto, qual a razão de ter duas professoras-robô para atender aos alunos? _____________

6. A professora de plástico e fibra de vidro satisfazia que tipo de necessidade das crianças? Por quê? __

7. Qual era a função da professora acolchoada? _____

8. Na sua opinião, a professora-robô é diferente das professoras que você conhece? Por quê? _______

9. Numere as frases de acordo com a ordem de acontecimentos do texto:

( ) Uma das crianças prendeu o dedo no teclado.

( ) O visitante estranhou, quando o levaram para conhecer a sala de aula, havia duas professoras.

( ) O aluno que machucou o dedo começou a chorar.

( ) O técnico sacudiu a cabeça desanimado.

( ) A segunda professora voltou para o seu canto e se desligou, enquanto a primeira voltou a dar aula.

( ) O visitante viu que dito uma bobagem.

( ) O visitante acompanhou uma aula do futuro.

10. Marque com X as palavras que você usaria para caracterizar a “professora_robô”, que explicava a matéria para as crianças.

( ) impaciente ( ) simpática ( ) carinhosa ( ) eficiente ( ) gentil ( ) impessoal ( ) objetiva.

11. Marque com X a resposta correta:

O significado de retroceder é:

( ) realizar alguma coisa

( ) melhorar o ensino.

( ) voltar para trás

( ) nenhuma das respostas.

Fonte: www.portalanchieta.com.br/arquivos/colegio/9_lingua_portuguesa.pdf

domingo, 21 de março de 2010

História dos números I...


HISTÓRIA DOS NÚMEROS

UM POUCO DA HISTÓRIA DOS HOMENS

Há muito tempo, as pessoas viviam em pequenos grupos e se abrigavam em cavernas. Como alimento, usavam frutos, raízes e carne de animais que caçavam. Nas paredes das cavernas pintavam acontecimentos do seu dia-a-dia e de seus animais.

Com o passar do tempo, e devido às modificações que foram acontecendo na natureza e com os próprios homens, as pessoas passaram a plantar, a domesticar e a criar animais para a sua alimentação. Aí, também se iniciaram as trocas.

Em vista disso, o homem sentiu a necessidade de contar e medir. Para a contagem, usou pedrinhas, marcas em ossos, nós em cordas e os dedos das próprias mãos. Para medir usou o seu corpo.

Para grandes quantidades, ele fez agrupamentos. As mãos e os pés devem ter sido usados para contar de 5 em 5, de 10 em 10.

E como registrar essas contagens? Talvez assim I I I I I ou assim I I I I I I I I I I . Essa importante ideia foi usada de uma ou de outra forma, desde os sistemas mais antigos de numeração.

A necessidade de registrar quantidades deu origem à numeração escrita. Diversas civilizações antigas criaram seus próprios sistemas numéricos.

Vamos conhecer alguns desses sistemas.

Egípcio:
Maia:
Sabendo que o ponto significa 1 e a barra 5, para ler os números acima você deve apenas somar os símbolos. Pontinhos representados em cima das barrinhas.
Babilônicos:

Fig.1 - Os algarismos 1 e 10

Fig.2 - Os algarismos de 2
a 9

Fig.3 - As dezenas de 10 a 50

Romanos:

Indo-arábicos

A história dos números!!!!

Um pouco sobre como surgiu a necessidade de registrar as quantidades...

video

http://www.youtube.com/watch?v=Qh6wS2MWXLU

quarta-feira, 10 de março de 2010

MULHERES...

video

http://www.youtube.com/watch?v=w5HwmgYYgDQ

Mulheres merecem receber homenagens cotidianamente...

E o poema "Com licença poética", de Adélia Prado, apresenta a força que existe em toda a mulher...

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Aprender a aprender...

Na vida tudo pode ser aprendido, afinal somos eternos aprendizes... Mas para aprender é necessário querer aprender... Só se superam barreiras quando temos o desejo de superá-las... Junto com a vontade de aprender é indispensável dedicação, perseverança e, porque não, teimosia... O que não vale é perder o objetivo final, este deve estar sempre acima de qualquer obstáculo...
E o vídeo que segue demonstra tudo isso, além de mostrar que o amor que dedicamos ao aprendizado é também muito importante...
Vale a pena assistir...
APRENDER A APRENDER

video

http://www.youtube.com/watch?v=Pz4vQM_EmzI

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Ciências... Via Láctea e Sistema Solar...

VIA LÁCTEA E O SISTEMA SOLAR
O Sol situa-se em um dos braços da Via Láctea. Girando à sua volta, encontram-se oito planetas, a maioria com um ou mais satélites naturais, milhares de asteróides e cometas. Todo esse conjunto forma o Sistema Solar.

Via Láctea
Em torno do Sol, os planetas percorrem uma trajetória que recebe o nome de órbita.
Veja como os planetas se organizam em órbitas, girando ao redor do Sol:

Os planetas, em sua ordem são: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.
A Terra encontra-se a uma distância do Sol que permite manter temperaturas compatíveis com a vida tal como nós a conhecemos. Os outros planetas do Sistema Solar, ou são muito quentes, quando próximos do Sol, ou muito frios, quando muito afastados.
Uma diferença entre planeta e estrela é que as estrelas têm luz própria; são astros luminosos. Os planetas não têm luz própria; são, portanto, astros iluminados.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

História... O homem é um ser histórico...

Para começar a trabalhar o conteúdo de história, nas turmas de quarta série ou quinto ano, gosto de utilizar o texto que segue, pois o aluno precisa compreender que ele é um ser histórico, ou seja, ele é alguém que tem uma história já iniciada e que continua "escrevendo-a", assim como também tudo que o rodeia possui uma história.

Sempre depois de trabalhar o texto peço que os estudantes tragam para sala de aula fotografias pessoais, pois nelas percebemos ou descobrimos um pouco da história familiar de cada um. E fica um atividade bem interessante...

O texto é retirado do livro História com Reflexão, vol 4. Só não me recordo o nome dos autores.


O tempo

Você vive o tempo presente. O tempo é o passar das horas, dias, meses, anos, século. É um momento, um período, uma época.

O passar do tempo pode ser percebido pelas mudanças que se constatam e se observam.

A história é uma prática social: o homem é um ser histórico

O homem é um sujeito histórico

Você já pensou que todos os seus objetos de uso pessoal foram produzidos no passado? Alguém um dia inventou algo que você usa hoje.

O passado está vivo no seu dia-a-dia.

Através da história você pode conhecer o dia-a-dia dos antepassados, compreendendo e utilizando o legado que eles deixaram para o presente.

Hoje você vive num grupo social, porque os homens no passado criaram diversos meios e formas de existência sociais.

Você necessita viver com outras pessoas, porque não pode viver isolado, sozinho. Você é um ser social e histórico.

Para viver em grupo, o homem teve que criar regras sociais, a fim de facilitar a convivência. Essas regras são os valores éticos de cooperação, justiça, amizade, solidariedade, responsabilidade, respeito.

Quando você nasceu, as coisas já estavam quase prontinhas, só faltava você para dar continuidade às mudanças históricas. O tempo não pára!


A memória de outros tempos

Você já percebeu que existem no seu cotidiano vários vínculos com o passado. Eles são percebidos nos brinquedos, no vestuário, no material escolar, nos hábitos, nos costumes. O seu tempo presente está ligado ao passado.

Também podemos conhecer o passado através das fontes orais, como as histórias que os mais velhos nos contam.

A memória é valiosa para o conhecimento do passado. Através dela podemos fazer a história oral, o relato das pessoas sobre os acontecimentos que vivenciaram. Através dela se conservam e preservam certas informações do passado, que são atualizadas no presente. A lembrança é um componente essencial desse resgate.

As lembranças podem se expressar de diversas maneiras. Uma poesia, a letra de uma música, um depoimento (por meio de entrevistas gravadas em fita cassete ou vídeo) podem reproduzir uma determinada época.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Interpretação textual... Fábula!

A LEOA E A RAPOSA

Todos os animais estavam se vangloriando de suas famílias numerosas. Somente a leoa se mantinha em silêncio. Ela não disse nada, nem mesmo quando a raposa toda orgulhosa, desfilou seus filhotes diante dela.

- Olhe! - disse a raposa. - Veja minha ninhada de raposinhas vermelhas; são sete! Diga-nos, quantos filhos você têm?

- Somente um - respondeu tranquila a leoa. - Mas é um leão!

Moral da história: “Eis que o mérito não deve ser medido em razão da quantidade, mas tendo em vista a qualidade”.

Fonte: Fábulas do mundo todo (2004)

As Fábulas de Esopo (2002)

1-Que personagens aparecem no texto?

2- Quem fez a pergunta? Para quem?

3- O que significa a palavra “vangloriando”? Explique.

4- Com as suas palavras explique a moral da história.

5- O que pode significar essa moral em nossas vidas? Explique.

Situações Problemas...

No início do ano, sempre gosto de fazer uma pequena revisão de conteúdo para perceber como está o nível de compreensão de cada aluno. Para isso utilizo situações problemas, processo operatório com contas soltas e interpretações de texto.
E aqui estão algumas situações problemas que trabalhei com a minha turma neste começo de ano letivo...

Leia com atenção e resolva:

1- Roberto tinha 44 figurinhas. Em um jogo de “abafo” perdeu 19 figurinhas. Com quantas figurinhas ele ficou?

2- Para uma excursão ao jardim zoológico, uma escola alugou dois ônibus. No primeiro ônibus, foram 57 alunos. No segundo ônibus, foram 44 alunos. Quantos alunos foram na excursão?

3- Um livro tem 20 páginas. Lucila já leu 8 páginas. Quantas páginas faltam para ela ler esse livro?

4- Em um pomar há 124 laranjeiras e 85 pessegueiros. Quantas árvores frutíferas há nesse pomar?

5- Um criador de cachorrinhos tinha 41 cachorros. Hoje, ele vendeu 26 cachorros. Quantos cachorros restam para vender?

6- Escreva os nomes dos números.

89__________________________________

110_________________________________

135_________________________________

97__________________________________

101_________________________________

36__________________________________

40­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­__________________________________

66__________________________________

78__________________________________

25__________________________________

16__________________________________

7- Calcule:

a) 27 X 3=

b) 64 x 4=

c) 64 : 2=

d) 96 : 3=

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Questionário investigativo...

Amanhã iniciam as aulas municipais, e por mais um ano trabalharei com uma turma de 4* série...
Para começar vou fazer um questionário investigativo com a turma, no qual consigo perceber algumas dificuldades que cada um tem, entre outros detalhes...

QUESTIONÁRIO

NOME: ______________________________IDADE: ____

DIA DE ANIVERSÁRIO: ____________________________

NOME DO PAI E DA MÃE ___________________________

MORO COM _____________________________________

O QUE EU MAIS GOSTO NA ESCOLA É ________________

E O QUE EU NÃO GOSTO É ________________________

SE EU PUDESSE, NA ESCOLA EU MUDARIA _____________

A MATÉRIA QUE EU MAIS GOSTO É __________________

E A QUE EU MENOS GOSTO É ______________________

EU TENHO FACILIDADE EM APRENDER QUANDO ________

_____________________________________________

E TENHO DIFICULDADE EM APRENDER QUANDO ________

______________________________________________

NA ESCOLA EU TENHO DIREITO DE _________________

_____________________________________________

E O DEVER DE __________________________________

PARA MIM, BOM ALUNO É AQUELE QUE _______________

EM CASA AJUDO A _______________________________

MAS NÃO GOSTO MUITO DE _______________________

NA TV GOSTO DE ASSISTIR ______________________

_____________________________________________

MINHA BRINCADEIRA FAVORITA É __________________

MINHA MÚSICA PREDILETA É ______________________

QUANDO EU PENSO NO MEU FUTURO _______________

____________________________________________

PARA ME DEFENDER EU __________________________

VOCÊ GOSTA DE LER? ____________

GOSTA DE ESTUDAR? ____________

ESTUDA EM CASA?_______________

FAZ TAREFAS DE CASA? __________

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Volta às aulas...


Férias!!!!!!!!!!!

Itajaí - SC.

RETORNO...

Nossa... Quanto tempo sem aparecer por aqui...
Mas o final do ano foi complicado... Um sufoco, pra falar a verdade... Não conseguia fazer nada... Precisava de um descanso... Que veio na hora certa... Férias, maravilhosas férias... No entanto, agora é o momento de retomar as atividades e começar a pensar no retorno das aulas...